Posts

Boas Vindas ao professor Jansller Genova

O Departamento de Zootecnia da UFV informa a contratação de Jansller Genova, nova adição à equipe de docentes. Ele é formado em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria, além de mestre e doutor na na área de produção e nutrição animal/Zootecnia, ambos os títulos obtidos na UNIOESTE.

No DZO, ele irá atuar na área de Produção de suínos e Bioclimatologia. Ao ser perguntado sobre quais as expectativas e anseios envolvendo a chegada no DZO, Genova declarou:

As minhas expectativas com relação ao DZO são as melhores possíveis, devido ao perfil de professores e a qualidade de ensino, pesquisa e extensão que é difundida pela Zootecnia da UFV. Considerando que busco aprimorar o que sei e, principalmente, aprender cada dia mais, me sinto lisonjeado em fazer parte do corpo docente, como uma conquista extremamente gratificante.

Seja bem vindo, Jansller!

DZO recepciona calouros com programação especial

No dia 04/05, quarta-feira, ocorreu a recepção dos calouros de Zootecnia da UFV. No intuito de acolher os novos alunos (aqui incluindo as turmas de 2021 e 2022), além de apresentá-los melhor ao departamento, foi elaborada uma programação diversa

O dia começou com a apresentação do Departamento de Zootecnia pela Profa. Renata Veroneze e a apresentação do curso pelo Prof. Rodrigo Fortes, seguido pela introdução aos grupos de estudos, Centro Acadêmico e à empresa júnior do curso, a EJZ Consultoria.

Já durante a tarde, o foco foi nos grupos de estudo das diversas áreas da Zootecnia, como a suinocultura, avicultura, bovinocultura de leite e corte, a forragicultura, a equideocultura, nutrição e etologia pet, melhoramento genético animal e a aquicultura, contando com falas de diversos alunos e professores  do departamento. 

Por fim, foi promovida uma confraternização entre calouros, veteranos e professores do DZO no restaurante Quintal Brasa e Breja.

Boas vindas aos novos alunos!

Participe do “I Concurso Fotográfico – Zootecnia em foco”

Em comemoração ao Dia do Zootecnista (13 de maio), o Departamento de Zootecnia da UFV, em parceria com o Centro Acadêmico de Zootecnia (CAZ UFV), torna público o Edital do “I Concurso Fotográfico – Zootecnia em foco”.  O tema das fotografias deve responder à pergunta: “Por que Zootecnia?”.

As fotos deverão ser enviadas entre os dias 02 a 09 de maio de 2022, seguindo as orientações do Edital . Fiquem atentos aos prazos e não deixe de participar! Mais informações podem ser encontradas no @cazufv e no @dzoufv.

Boas vindas ao professor Delvan Alves

O Departamento de Zootecnia da UFV informa a contratação de Delvan Alves, zootecnista formado pela Universidade Federal do Mato Grosso e com mestrado e doutorado pela Universidade Federal de Viçosa. No DZO, ele irá atuar na área de Melhoramento Animal, e ministrará parte das seguintes disciplinas na graduação:

ZOO 461 – MELHORAMENTO ANIMAL APLICADO

ZOO 463 – MELHORAMENTO ANIMAL

ZOO 480 – ADMINISTRAÇÃO EM MELHORAMENTO ANIMAL

Já na pós-graduação, será o docente responsável pela  ZOO 761 – ANÁLISE DE DADOS EM MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL.

Ao ser perguntado sobre as expectativas e motivações nessa nova fase, Delvan afirmou: 

Não poderia me sentir mais entusiasmado e honrado em fazer parte da equipe de docentes do departamento de Zootecnia da UFV. Tive a oportunidade de fazer o mestrado e doutorado aqui, e foi um período de grande aprendizado e crescimento pessoal e profissional. Agora, voltar como docente é uma realização muito grande e muito gratificante. Posso dizer que há muita força de vontade em contribuir com a excelência do ensino, pesquisa e extensão mantidos aqui. As expectativas são as melhores possíveis.”

Desejamos boas vindas ao professor Delvan!

 

Professores do DZO e do PPGDZO são destaque entre os maiores pesquisadores brasileiros de Zootecnia e Veterinária, segundo o Research.com

O Research.com elencou os 100 pesquisadores mais citados, referenciados e com estudos de destaque no Brasil na área de Zootecnia e da Veterinária. Dentre os 11 docentes presentes no ranking advindos da UFV, 7 são do Departamento de Zootecnia, incluindo professores da graduação e da pós.

Confira, abaixo, a posição em que cada um se encontra a nível nacional e a quantidade de citações a eles atribuídas, de acordo com a plataforma:

4° Lugar: Sebastião de Campos Valadares Filho, com mais de 7 mil referências encontradas e 299 publicações;

7° Lugar: Mário Fonseca Paulino, com mais de 5 mil referências e 199 publicações;

10° Lugar: Edenio Detmann, com mais de 5 mil referências e 250 publicações;

64° Lugar: Mário Luiz Chizzotti, com mais de 2 mil referências e 102 publicações;

72° Lugar: Paulo Sávio Lopes, com mais de mil referências e 127 publicações;

92° Lugar: Odilon Gomes Pereira, com mais de mil referências e 116 publicações;

100° Lugar: Marcos Inácio Marcondes, com mais de mil referências e 144 publicações.

 

 O Research é um dos maiores sites que concentra informações sobre artigos, periódicos e informações acadêmicas em diversas áreas de pesquisa. Além de apresentar um panorama sobre os pesquisadores e instituições presentes no portal, é possível encontrar diversos estudos e os nomes mais relevantes de cada campo. 

Dentre os critérios utilizados para a criação deste top 100, foi observada a proporção entre artigos publicados e citações feitas aos autores em diversos estudos. A pesquisa envolveu a análise de mais de 160 mil pesquisadores com obras presentes em acervos como o Google Acadêmico até dezembro de 2021.

Outra conquista na área de Zootecnia e de Veterinária é da UFV: ela ocupa a 38° posição no ranking mundial da área, e o terceiro lugar dentre as instituições brasileiras.

 

Parabéns aos envolvidos!

Com vagas esgotadas, março dá boas-vindas ao segundo ano do “Equitação Para Todos”

Teve início, na segunda semana deste mês de março, o projeto de extensão “Equitação Para Todos”. Coordenado pela professora Yamê Fabres, do Departamento de Zootecnia, a atividade tem como objetivo tornar acessível a prática da equitação para a sociedade viçosense e, assim, democratizar e difundir essa prática, tanto como atividade esportiva quanto de lazer. 

As turmas das aulas são divididas por idade em turmas com alunos de 6 a 11 anos e turmas acima de 12 anos. As atividades ocorrem no período noturno, de terça à quinta na Unidade de Ensino, Pesquisa e Extensão em Equideocultura da UFV, e irão até a semana do dia 13 de junho.

As aulas proporcionam um contato completo com os cavalos, desde a primeira aproximação com a espécie, o entendimento do comportamento do animal até o ensino da equitação básica-avançada. 

O projeto foi desenvolvido por meio de parcerias com criadores de cavalos da região. Além disso, conta com o apoio de técnicos administrativos, alunos da graduação e também da pós-graduação do DZO. As aulas são ministradas pelo instrutor Cristian Silva Teixeira. Esse é o segundo ano de funcionamento da iniciativa e, neste curto tempo de fundação, tem apresentado grande procura pela comunidade. As vagas deste ano foram ocupadas em grande velocidade.  

Para o desenvolvimento das atividades em segurança, medidas de biossegurança foram adotadas, como a necessidade do comprovante de vacinação para COVID-19 de todos os envolvidos, redução de alunos por turma, distanciamento entre os alunos, uso permanente de máscara facial e disponibilização de álcool em gel 70%.

Boas vindas ao professor Sidnei Lopes

O Zootecnista Sidnei Antônio Lopes é a mais nova adição ao corpo docente do DZO. É doutor, mestre e bacharel em Zootecnia e todas essas formações foram conquistadas na UFV, estudando na instituição de 2005 a 2015. Agora, ele será professor da área de Bovinocultura de Corte.

Ao ser perguntado sobre expectativas e objetivos como docente do departamento, Sidnei afirmou que se sente honrado com a oportunidade:

“Me sinto honrado e privilegiado em poder fazer parte do time de professores do DZO, enorme expectativa! Vamos com muita garra, humildade e trabalho continuar inspirando e contribuindo para a formação de excelentes profissionais, além de realizarmos pesquisas em prol da pecuária nacional.”

Seja bem-vindo, Sidnei!

Vem aí o SIMCORTE 2022; saiba como participar

O Simpósio Internacional de Produção de Gado de Corte já está com inscrições abertas para a edição de 2022. O evento ocorrerá nos dias 09, 10 e 11 de junho e em formato híbrido. Portanto, o inscrito poderá optar por participar de forma presencial ou online.

O evento é uma promoção do Departamento de Zootecnia e desde 2006, em sua quinta edição, o SIMCORTE conta com a colaboração de palestrantes internacionais. Além disso, permite que autores publiquem resumos sobre assuntos relativos à bovinocultura de corte como produção, reprodução, nutrição e forragicultura. Porém, estes devem ser baseados em trabalhos de pesquisa ou extensão originais não previamente publicados ou aceitos para publicação.

A inscrição deve ser feita no https://www.simcorte.com/inscricoes, site no qual podem ser encontrados os valores do evento, a programação completa e os palestrantes que farão parte. Além disso, mais atualizações sobre o SIMCORTE 2022 estarão disponíveis no Instagram do simpósio e também no do DZO.

UFV abre concurso para seleção de docente do DZO

O Departamento de Zootecnia da UFV está com vaga aberta para a admissão de um professor na área de Produção de Suínos e Bioclimatologia. As inscrições se iniciaram no dia 07/12 e podem ser feitas até ás 23:00 do dia 06/01/2022 no link https://www.gps.ufv.br/editais/235/.

Para concorrer ao cargo, os candidatos devem possuir Doutorado em Zootecnia ou áreas afins. As provas serão realizadas em quatro fases: prova de conhecimento; prova de didática; prova de defesa de projeto em  pesquisa  e prova de títulos.

A Prova de Conhecimento será  escrita, de caráter eliminatório e classificatório, e será aplicada no dia 07 de março de 2022, às 08h, no Departamento de Zootecnia.  Por sua vez, a Prova de Didática tem aplicação prevista para 09 de março de 2022.O resultado de cada uma das etapas será divulgado no mural do DZO e, no site de Concursos da UFV ( www.ufv.br ), no link “concursos/carreira docente”

A nota final de cada candidato aprovado será a média aritmética das notas obtidas. No caso de candidatos aprovados com a mesma nota final, terá prioridade, para efeito de classificação, aquele que tiver, pela ordem, idade igual ou superior a 60 anos. Respeitado esse primeiro critério e permanecendo o empate, serão obedecidos os seguintes critérios, por ordem de prioridade: maior nota na Prova de Didática; maior nota na Prova de Conhecimento; maior nota na Prova de Defesa de Projeto, se houver; e maior nota na Prova de Títulos. 

A taxa de inscrição é de R$120,75 (cento e vinte reais e setenta e cinco centavos) e a isenção do pagamento pode ser solicitada, caso os interessados cumpram alguns requisitos, como Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, e renda mensal inferior ou igual a meio salário-mínimo. Outros critérios e mais detalhes sobre o processo seletivo podem ser encontrados aqui.

Professor Odilon Pereira participa de Missão no Zimbábue

No período de 06 a 13 de novembro deste ano, o professor do DZO Odilon Gomes Pereira participou de uma Missão no Zimbábue, África.

A ação ocorreu com o apoio do projeto “Fortalecimento do Setor da Pecuária de Corte do Zimbábue”, coordenado pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e pela UFV. Na comissão, também estavam presentes Nelci Caixeta (Coordenador de Projetos da África, Asia e Oceania – ABC) e Melissa Popoff (Analista de Projetos – ABC).

Foto: Mr. Andrew Chamisa, Prof. Odilon, Nelci Caixeta e Melissa Popoff,  em visita a UTD, em 10/11.

Dentre as atividades da missão, um destaque vai para o monitoramento da Unidade Técnica Demonstrativa (UTD) do Instituto de Pesquisas em Pastagens de Marondera, distrito do Zimbábue. Lá, estão semeadas, desde fevereiro de 2020, espécies de gramíneas desenvolvidas no Brasil, além de algumas nativas do país parceiro. A ação contou com visitas ao local, apresentações sobre a UTD e as tecnologias por lá empregadas, como inovações no sistema de irrigação, proporcionadas pelo  Mr. Tigere, Chefe do Instituto de Pesquisa. Além disso, a parceria entre os países trouxe discussões sobre a capacitação dos técnicos do Instituto pelos professores da UFV, mais um fruto da ponte Brasil-Zimbábue proporcionada pelo projeto.

Você pode conferir todas as fotos da Missão em nosso Instagram, o @dzoufv!